Skip links

Por que fazer treinamentos dentro da empresa?

Todo mundo parece ter a resposta na ponta da língua: porque é importante. Porque todos se mantêm atualizados. Porque é necessário para entender as tarefas a serem executadas no dia a dia.

Mas um dos principais diferenciais da qualificação é que ela motiva pessoas e torna a empresa mais competitiva. Pode-se focar a rotina de treinamentos em conteúdos gerenciais (específicos e mais técnicos) ou motivacionais (que abordam valores e objetivos – da empresa e das pessoas).

O importante é entender que uma finalidade não exclui a outra!

  • Quando você leva pessoas muito qualificadas a fazer treinamentos, elas repensam a maneira como abordam outros colegas, o jeito como executam as tarefas e reciclam sua visão sobre o negócio.
  • Quando você leva pessoas pouco qualificadas à uma formação, dá a oportunidade para que verifiquem suas potencialidades, habilidades e competências. Isto não só melhora o resultado das ações, como dá mais autonomia para que possam enxergar a evolução de sua carreira, dentro daquela organização.
  • Quando todos são treinados constantemente, a empresa mostra que tem objetivos claros, explicita como estas metas têm impacto no desenvolvimento profissional de cada um dentro da engrenagem (o todo, a empresa) e ainda reforça valores que podem ajudar a criar um engajamento maior com ela.

Cultura interna

Um dos resultados mais significativos da rotina de treinamentos, e que nem sempre é mensurável pelos números, é o reforço e criação de uma cultura interna forte.

A cultura organizacional é a reunião dos hábitos, valores, crenças e comportamentos repetidos pelos funcionários de uma empresa.

Este ‘jeito de ser’ corporativo acaba repercutindo externamente, mas é especialmente vital para criar aderência ao que empresa entende que é estratégico para que os comportamentos sejam compatíveis com o que a empresa deseja transmitir.

De uma maneira ou de outra, as pessoas que trabalham em uma organização representam essa cultura. O aprimoramento interno faz com que as lideranças possam multiplicar o conhecimento e desenvolver os relacionamentos interpessoais, reforçando o senso de pertencimento entre os colaboradores.

Tudo reforça objetivos, metas e valores continuamente – oxigena crenças, motiva, ajuda a reajustar estratégias para se chegar onde foi estabelecido.

O treinamento também aumenta a possibilidade de diminuir o recrutamento externo, já que deixam mais claras as funções e aptidões de cada um (para o próprio funcionário, equipe e gestores). É aí que se cria espaço para readequar posições, promover job rotation, e multiplicar o aprendizado entre os próprios membros do time.

Todos esses benefícios têm sido objetos de estudo e pesquisa nos últimos anos, o que fez a área de RH (Recursos Humanos) voltar-se mais para a gestão das pessoas e tomar uma visão mais humana desse gerenciamento dos desejos, objetivos e propósito.

E nesse sentido, as vantagens em manter sua equipe treinada podem ser imensuráveis, já que promovem um aprimoramento que influencia as esferas profissional e pessoal, além de fazer com que as pessoas se envolvam no negócio e desenvolvam vínculos em um ambiente muito mais favorável à satisfação.

Leave a comment